" Mister do Café: O poder da palavra "Só" no jornal OJOGO

quinta-feira, 3 de março de 2016

O poder da palavra "Só" no jornal OJOGO


No passada terça feira, o jornal ONOJO publica dois artigos relativos ao anúncio dos resultados semestrais das SAD´s de Sporting e foculporto.

Vejamos as diferenças:


Como sabemos, a maior parte dos leitores lê apenas as parangonas. Por isso vamos analisar só essa vertente.

O Antetítulo:

Os leões levam logo com um "agravamento face ao período homologo", enquanto que os outros, ainda antes do título e da notícia começam logo a dar justificações, "atribuindo boa parte deste resultado negativo ao falhanço na Champions". 

Não será do conhecimento geral dos adeptos, mas o que está em causa na passagem aos Oitavos da Champions são 5,5Milhões. Ainda está um "bocadinho" longe de ser suficiente para "abater" 17 Milhões em prejuízos, não acham?

O título:

Sem diferenças entre ambos, excepto na palavra "só". Interessante não é? Azar, lapso, coincidência?

O certo é que os leitores mais incautos são levados a pensar " Porra, se em seis meses estão com 18 Milhões de prejuízo, quanto terão no final da época". 

O primeiro "quadradinho"

No caso do Sporting, os ataques habituais à gestão de Bruno de Carvalho (Caso Doyen) e Jorge Jesus (falhanço na Champions). No caso do foculporto, mais justificações. Para além da má Champions, a venda do Imbula ainda não está reflectida no ReC.

A foto

De um lado a "raiz do mal", Bruno de Carvalho sozinho, isolado e cabisbaixo a olhar para o telemóvel como quem olha para uma maquina de calcular. Será que o "só" do título queria dizer que quem está só é o Presidente do Sporting!?  Do lado do foculporto a imagem da "estrotura da SAD" altivos e bem dispostos. 

A legenda

No Sporting é Bruno de Carvalho quem apresenta as contas. No foculporto é a SAD...

O "quadradinho" numérico

No caso do Sporting há interesse em comparar com o resultado do ano passado (23 Milhões) para salientar a "má gestão". No caso do foculporto dizem que o passivo é de 287,3 M. Informação que não tem interesse à maioria dos adeptos.

Extra:

No caso do foculporto ainda há um asterisco mágico, com mais uma justificação. Desta feita foram os 4M gastos no Porto Canal.


Resumindo:


Sporting: Depois dos erros de Bruno de Carvalho (Doyen) e Jorge Jesus (Champions), o Sporting está à rasca. De 23 Milhões positivos passaram para 18 Milhões negativos e se em apenas 6 meses tiveram 18 Milhões de prejuízo, no final da época vai ser um "fartote".

Porto: 17 Milhões de prejuízo, mas isso foi culpa do Lopetegui que falhou na Champions. A juntar a isso compraram o Porto Canal por 4M, mas o que interessa é que o Imbula já pagou isto tudo.


Com papas e bolos se enganam os tolos. Que continue o circo no pasquim ONOJO, o jornal onde ninguém assina os artigos. Porque será?



Ficam outros posts sobre o jornal OJOGO:


OJOGO não pára de meter carvão - As comissões pagas pelo "Bruno" e a "bronca" a Semedo

O jornalixo de OJOGO - Exames, Barreiros, "Despachados" e afins

A diferença entre "prata da casa" e "inventar lateral" no jornal OJOGO 

"Simplesmente Bruno" - O jornalixo de OJOGO desmascarado e a gestão de topo dos rivais!  

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já.

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

6 comentários:

  1. Consegue, sem dúvida, ser o jornal mais nojento dos 3. Sendo que abola está finalmente a assumir-se como aquilo que sempre foi, mas mesmo assim não são tão descarados no ataque so Sporting e ao seu Presidente como ojogo. Se bem que aquele artigo escrito pelo Fernando Guerra... Enfim, é sempre difícil escolher o pior dos 3. O record depois daquele período de raiva absoluta para connosco lá conseguiu acalmar-se um pouco. O Querido Manha lá levou um chuto no cu, mas continuam a ser as mesmas putas, ai Farinha Farinha... Como tu gostas do Orelhas ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O oficioso do foculporto é incansável contra o Sporting e especialmente Bruno de Carvalho. O critério é mesmo editorial, enquanto que no Record e na Abola é mais assumido em crónicas de gente que dá a cara. No nojo ninguém assina os artigos informativos, o que torna o esquema ainda mais rasteiro.

      Eliminar
    2. Verdade. Ojogo é o pior, mas ainda há muita gente distraída. Cada capa deles mete carvão para cima de nós, não falha. Se não for descarado é só prestar atenção aos pormenores.

      Eliminar
  2. "Mister, olhe que" no rascord vinha ontem uma comparação entre "análises financeiras dos 3 greandes", que melhor só mesmo o Cavaco estilo "tu tens 7 vacas? ele tem 9 ovelhas? Portanto eu com uma Laranja sou o melhor agricultor, logo fico com o dinheiro!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh lá, isso promete. Por acaso não li o Record de ontem. Vou tentar ver isso mais logo. Obrigado

      Eliminar
  3. A Bosta e O Mojo são completamente horríveis. O Record é nojento dia sim dia não.

    ResponderEliminar