terça-feira, 25 de julho de 2017

Olha que bem coordenados que eles são...


A Associação de Futebol do Algarve decidiu sair a terreiro na defesa de Reinaldo Teixeira e Albertino Galvão, dois dos delegados que considero estarem em situação de ilegalidade, como denunciei no passado dia 9 de Julho (aqui).

Habemus resposta


É interessante verificar que foi preciso esperar 3 semanas para que alguém se pronunciasse sobre esta situação. Neste caso, estão directamente envolvidos: o coordenador dos delegados, cinco delegados, a AF Algarve, AF Coimbra, AF Lisboa, AF Santarém, Liga Portuguesa de Futebol Profissional e Federação Portuguesa de Futebol. Todos eles já deveriam ter esclarecido esta situação. Mas, mais vale tarde do que nunca...

Ontem coloquei novo post sobre este assunto, utilizando como base um post de Facebook de Bernardino Barros de dia 17 de Julho. O post de ontem pode e deve ser lido (aqui) até para ficar mais fácil perceberem a o "escaldão" provocado pelo reino do Algarve. 

Coincidências e curiosidades...


Curiosamente, passadas cerca de 3 horas e meia de ter colocado o meu post online, o jornal Record teve acesso privilegiado ao conteúdo de um comunicado da Associação de Futebol do Algarve, como podem ver de seguida:

Link da notícia (aqui)

Ao ler a notícia saltaram-me quatro situações à vista: a hora a que foi publicado (17:43h), o título e a foto escolhidas e o facto de na notícia do jornal Record não estar referido quem é que assinou o comunicado da AF Algarve. 

Por volta das 18:00h tive contacto com a notícia através de um leitor. Nessa mesma altura confirmei no site da AF Algarve e no facebook da associação se algum comunicado tinha sido publicado. Curiosamente, não encontrei nada. 

Por coincidência, o comunicado a que o jornal Record teve acesso antecipado só foi colocado online por volta às 19:45, precisamente duas horas depois de o jornal Record ter publicado a notícia, como podem ver no print seguinte:

Link (aqui)

1- Como é possível um jornal ter acesso antecipado a comunicados oficiais de instituições, duas horas antes de serem publicados oficialmente pelos órgãos de comunicação da AF Algarve? Por certo é coincidência...

2 - Perante um título como "CJ VALIDA ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES DOS DELEGADOS", os leitores são imediatamente levados a acreditar que o Conselho de Justiça se pronunciou no próprio dia sobre esta questão. Nada mais falso. Estamos a falar de um mero parecer que continua escondido e que é datado de 2005. Mas, por certo também é coincidência...

3 - Depois olhei para a foto e vi Reinaldo Teixeira, um dos implicados nesta ilegalidade. É curioso que tenha sido escolhida uma foto deste senhor para ilustrar a notícia. E mais curioso ainda é o facto de ter sido escolhido um sorridente Reinaldo Teixeira. Obviamente, também será uma coincidência...

4 - Para fechar, verifiquei que na notícia não constava o nome das pessoas ou órgão que assinaram o comunicado da AF Algarve. Como é possível um comunicado deste género não ter sido assinado? 

E pronto, fechamos por aqui as coincidências relativamente a esta notícia do jornal Record. Mas há outro tipo de coincidências...

O Jornaleiro


Perante tanta coincidência fiquei curioso em saber mais sobre a pessoa que escreveu uma "peça jornalística" deste género. Senhoras e senhores, apresento-vos Armando Alves.


Como podem verificar estamos a falar de alguém com 30 anos de serviço no jornal Record. 


Armando Alves teve a felicidade de poder estar presente na final do Euro 2016, o que sempre algo interessante para colocar no cv. Cada vez mais me convenço que só eu é que não fui ver a final. Se calhar tenho de começar a meter combustível na Galp.


O nosso amigo Armando tem um "fraquinho" pelo Benfica, mas provavelmente o seu grande amor é o anti-Sporting. 








Acho que já perceberam, certo?  Aqui fica a forma como o jornalista Armando Alves reagiu à notícia que indicava Reinaldo Teixeira como novo coordenador dos delegados da Liga.


Eu diria até que a figura de Reinaldo Teixeira não tem só "prestigiado e engrandecido" o futebol nacional. O trabalho fantástico deste senhor deve ser reconhecido até em termos internacionais, ao nível de figuras como Michel Platini, Joseph Blatter ou Angel Vilar. 

Voltando ao futebol algarvio, o nosso amigo também é um grande apreciador da Associação de Futebol do Algarve, senão vejamos:


Aqui está Armando Alves a discursar num palanque da Associação de Futebol do Algarve, com uma bandeira da Associação de Futebol do Algarve em pano de fundo e também com um polo da Associação de Futebol do Algarve. 

Um escriba com dois patrões


Curiosamente, para além da relação profissional com o Record que como vimos dura há mais de 30 anos, o nosso amigo Armando Alves é também coordenador editorial da revista da Associação de Futebol do Algarve desde Janeiro de 2006, como podem ver no link seguinte:

Link da revista (aqui)
E fica também a edição deste mês para não haverem dúvidas: 

Link da revista (aqui)
Isto deve ser complicado servir dois patrões ao mesmo tempo, não? Fico curioso para saber o que irá fazer o Record perante um funcionário que anda claramente a passar as mensagens que interessam à Associação de Futebol do Algarve num jornal que deveria ser isento. Incompatibilidade? Nada disso!

Com sorte, pode ser que o Record tenha no seu arquivo um parecer qualquer dos anos 60, assinado pela alta concorrência para a propaganda do regime, que prove que aqui não há incompatibilidade nenhuma.

PS: E ainda há gente que diz que o Reinaldo Teixeira não coordena bem.

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

13 comentários:

  1. Quando não houver tacho para todos os vassalos e que estão sempre com a espinha dobrada, posição de serem enrrabados, como vai ser?
    Vão "comer-se" uns aos outros?
    Vão zangar-se as comadres....
    Mesmo entre mouros e vassalos não existe honra!!!

    ResponderEliminar
  2. São todos uns queridos uns para os outros.

    Já faltou mais para vermos um autocarro encarnado a andar em contra-mão e lá teremos que dar passagem.
    depois telefonamos, querida, pai, mãe, vou em contra mão na A1 pois agorinha mesmo cruzei de frente com o coiso vermelho e tive de me afastar.
    Provavelmente deve ter existido um parecer qualquer em um nove e troca o passo que o diz e se o diz é regra e o codigo de estrada esta errado ou então omite.
    Esperemos que o Ar Que Mando esclareça.

    portugalzinho.

    ResponderEliminar
  3. Absolutamente imperdível e essencial à sanidade mental ler os artigos do Mister. Tal como muitos, também o Mister se enoja com o cheiro a esterco destes e de muitos outros sabujos que parasitam o futebol. Arrasa neles. Sem dó e muito menos piedade.

    ResponderEliminar
  4. Eu se fosse jornalista corava de vergonha com o teu trabalho de investigação e para alguns dos escribas lampiões aconselho um frasco de vaselina,porque isto de ser violado a frio deve custar. Grande Mister.

    ResponderEliminar
  5. O Mister está sempre a dar-lhes onde faz mais mossa, porrada neles!!

    ResponderEliminar
  6. "Isto" não é um jornalista, mas um verdadeiro "menino querido" dos vermelhuscos e do seu 1.º ministro "orelhudo". QUE LÁSTIMA!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  7. A liga neste momento é uma lixeira a céu aberto,tem um cheiro nauseabundo.

    Que credibilidade terá a próxima época? O estado novo voltou a este pobre país com mais um castigo (a lei da rolha) ao Francisco J. Marques haverá outros a pegar no estandarte está pouca vergonha não pode continuar.

    ResponderEliminar
  8. Nada dura para sempre. É melhor lembraram-se disso. Grande trabalho Mister.

    ResponderEliminar
  9. Os meus parabéns, grande trabalho. Para variar entre o Mister e o BB fazem mais que todas as instituições pagas a peso de ouro do futebol português. Assim vai o mundo.

    ResponderEliminar
  10. É impressionante como toda esta gente é adepta dos piolhosos. Nem disfarçam.

    ResponderEliminar