segunda-feira, 10 de julho de 2017

O "Boicote" da treta


Na passada sexta-feira, a Liga de clubes deu o pontapé de saída para a próxima época com o habitual sorteio das competições e a entrega de vários prémios aos agentes desportivos que mais se destacaram na última época. A cerimónia ocorreu no novo terminal Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, em Matosinhos.

O boicote encarnado


No dia seguinte, o jornal Abola anunciou em grandes parangonas o boicote encarnado.


E em letrinhas mais pequenas afirmam que os árbitros também faltaram como forma de protesto. 

Um boicote da treta


Rui Vitória, Pizzi, Ederson e Nélson Semedo foram premiados mas não estiveram na gala. O Benfica aproveitou o facto de Pizzi e Nélson Semedo estarem noutros países em férias, Ederson estar em Inglaterra e Rui Vitória ter dado treino nesse dia para passarem a ideia de um boicote no jornal do regime.


Obviamente, esta notícia do jornal Abola foi uma clara "encomenda" da máquina de propaganda, com o claro objectivo de tentar desviar o foco mediático. Se o Benfica quisesse fazer um boicote enviaria não um, não dois, mas três representantes ao sorteio. Na foto estão Sílvio Serven (sim, com "s" de servente), Tiago Pinto (o novo homem forte do Futebol) e um assessor de comunicação do clube encarnado.

Luciano Gonçalves não recebeu o email


Após o final da cerimónia, Luciano Gonçalves, Presidente da APAP, desmentiu que os árbitros tenham feito algum boicote. "Os árbitros não puderam estar presentes por outros motivos profissionais e pessoais"



Provavelmente, Luciano Gonçalves não recebeu o email a solicitar o boicote a tempo. É uma pena, porque talvez tivesse direito a bilhetes de época para os velhinhos lá da aldeia...

É incrível que Luciano Gonçalves tenha prestado estas declarações no final da cerimónia e que mesmo assim o jornal Abola as tivesse ignorado fazendo a capa do dia seguinte com uma mentira.


Nem o Salvador os salva


Que eu saiba, Salvador Agra é atleta do Benfica. Não o será por muito tempo, mas isso é outra conversa. 


O antigo atleta do Nacional esteve na cerimónia onde recebeu o prémio do golo do ano. De momento está a ser impingido para o Vitória de Setúbal, o tal clube que votou ao lado do Benfica pela introdução da vergonhosa regra relativa ao cigarro eletrónico. Mas vamos às declarações deliciosas do extremo português.


Anda delegar! Tu delegas bem!



Na mesma gala foi atribuído pela primeira vez o galardão de delegado do ano. Se o argumento de o Benfica ter enviado três dirigentes e um atleta a esta cerimónia pode para alguns não ser conclusivo, o facto de um representante dos "meninos queridos" ter subido ao palco é mais do que suficiente para se perceber que o boicote - como grande parte do que vem da máquina de propaganda - é uma treta.

Sobre o Sport Lisboa e Boicotes podem saber mais através de um post do blog "Artista do dia" (aqui).

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

5 comentários:

  1. Realmente só o melhor arbitro pode dizer que um futebolista que joga a bola com as duas mãos na sua área, não é penalty. Para ficar bem clara a corrupção, tinha que ser nomeado o melhor, confirma-se.

    ResponderEliminar
  2. Há muito que a bola é o braço armado do benfica e lhes faz parte do trabalho sujo de pressão sobre os vários órgão e pessoas do futebol.
    Ainda há pouco tempo se falou de um celebre benfica-Nacional que um delegado safou o n.gomes e o paulo "sistema" gonçalves.
    Procurem as capas da bola nos dias todos que se seguiram a esse jogo e digam lá se há grupo guerrilheiro tão combativo.

    ResponderEliminar
  3. Faltaram os do benfica e os árbitros.....é tão giro ver a família unida.

    ResponderEliminar
  4. Os 'repórters' a tentarem apanhar o Salvador Agra em vídeo, na cerimónia, a dizer que não é jogador do patrão...
    ****PRICELESS****

    ResponderEliminar