" Mister do Café: Jornaleiros e propagandistas no Seixal

domingo, 18 de setembro de 2016

Jornaleiros e propagandistas no Seixal


Durante a tarde de sexta-feira, mais de duas dezenas de jornalistas estiveram no centro de estágio do Seixal, onde lhes foi dada a possibilidade de utilizarem as instalações do Benfica.

"A experiência foi no Seixal, na Caixa Futebol Campus, para testar o simulador 360º que o Benfica tem no seu centro de estágio. Chegámos, entrámos no balneário onde Renato Sanches, Bernardo Silva, João Cancelo e companhia deram os primeiros passos rumo ao topo, e lá estava o cacifo com o nosso equipamento.  O «roupeiro» tinha trabalhado a tempo e o mister devia estar a chegar para a palestra antes do treino" conta, Luís Carlos Martins do Maisfutebol.

Excitações


No vídeo seguinte é possível verificar a excitação dos jornaleiros.


"Eu, benfiquista me confesso" 


A excitação era tanta que até houve tempo para confissões. "Ainda nem acredito que estive a “jogar” com um jogador do Benfica!! Ok, esta é a segunda confissão do texto e ainda só vamos no segundo parágrafo: eu, benfiquista me confesso", acrescentou Marlene Carriço no Observador. 

Uma tradição


As "relações" de amizade entre o Benfica, Adidas e os jornalistas nacionais, não vem de agora. Na época passada, Jonas e Jardel foram treinadores por um dia numa partida entre jornalistas em pleno relvado do Estádio da Luz.


"Ah e tal fomos convidados pela Adidas"


Estive a ler os diversos artigos dos jornalistas presentes no "evento". Saliento o facto praticamente todos fazerem uma ou mais referências ao facto de terem sido convidados pela Adidas. Vejamos:

Jornal Record

Abola

Como podem verificar, o Record e Abola fizeram questão de salientar de forma clara a proveniência do convite. Curiosamente, Ojogo não foi convidado, ou pelo menos não compareceu no festival de propaganda. A Adidas não deve gostar muito do jornal Ojogo ou do Porto Canal...

Mas a melhor forma de mostrar que o convite partiu da Adidas foi feito por parte da Benfiquista, Marlene Carriço do Observador.


Foi clara a necessidade que os jornalistas sentiram em separar as águas e justificarem a presença através da referência ao convite da Adidas. Como se o Benfica - uma das instituições com mais cobertura mediática em Portugal - não tivesse nada que ver com esta iniciativa. 

Que eu saiba, o Caixa Futebol Campus é do Benfica, a infra-estrutura também é do Benfica e até é gerida pelo Benfica LAB. A tal organização que querem fazer passar a ideia que é de excelência e que só esta época já leva 22 lesões em 17 jogadores. Podiam ter aproveitado a oportunidade para perguntarem aos responsáveis o que se passa com os atletas do Benfica.

Atropelo deontológico


A Assembleia da República aprovou em 1999 o estatuto do jornalista que deveria ser um dos pilares pelo qual todos estes profissionais se deveriam reger. Logo no primeiro artigo é apresentada a definição de jornalista que passo a transcrever e que é completamente elucidativa em relação a este caso.


Este ponto 2 é definitivo quanto à avaliação que todos devemos retirar deste "caso". Isto não é jornalismo, é pura propaganda a uma marca e a um clube. Jornalistas que no exercício das suas funções deveriam estar completamente isentos em relação aos intervenientes desportivos, disponibilizam-se para prestar vassalagem e propagar a cartilha lampiânica nos orgãos de comunicação onde prestam serviços.

"Un regalo"


O evento serviu para apresentar duas novas chuteiras da Adidas. Todos os jornalistas tiveram direito a ficar com o equipamento usado. A equipa branca usou as chuteiras Ace 16 e a equipa preta usou as X16

A isto ainda é necessário somar os meias, calções e camisola.

Depois dos vouchers para árbitros, delegados e observadores surgem os "regalos" para jornalistas. E não é que já está a funcionar...


A polémica que envolveu membros do Governo que aceitaram o convite da GALP para a Final do Euro-2016 fez com que todos os jornais trouxessem para a agenda mediática este tema. Na altura era tudo um escândalo. Neste caso já é tudo normal e no passa nada...

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já.
Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

8 comentários:

  1. Decoro profissional e vergonha na cara já são do tempo da outra senhora...Nem sei o que é pior. Se o clube que (despudoradamente) convida, se os "jornalistas" que aceitam o convite como se nada fosse. É um nível muita baixinho...

    ResponderEliminar
  2. eles pensam que quem anda aqui deste lado a assistir à pasquinagem a levar ao colo o carnide, andamos todos na creche.

    ResponderEliminar
  3. desculpem-me mas vocês estão todos errados desde o inicio quando falam em jornalistas porque estas bostas chamam-se jornaleiros e daí o vosso engano

    ResponderEliminar
  4. Estes é que vão ser jornalistas? Mais valia que treinassem para roupeiros ou apanha bolas do Boifica. JORNALEIROS DE UM RAIO!

    ResponderEliminar
  5. Então a Adidas agora faz apresentação de produtos de desporto e, aínda por cima chuteiras, com jornalistas??? Estranho. É como a situação dos livros escolares alusivos ao Benfas. Como é que podem deixar passar uma situação destas em claro? Que personagens...

    ResponderEliminar
  6. depois se sermos obrigados a ver os cruxifixos nas escolas, estes jornaleiros tudo farão para trocar os ditos, pelo símbolo do SLB !

    ResponderEliminar
  7. O jornalista deve recusar funções, tarefas e benefícios susceptíveis de comprometer o seu estatuto de independência e a sua integridade profissional. O jornalista não deve valer-se da sua condição profissional para noticiar assuntos em que tenha interesse.

    Ponto 10 do Código Deontológico do Jornalista aprovado em 4 de Maio de 1993

    ResponderEliminar
  8. Cada vez mais parece uma religião! Culto à personalidade, tanto do Orelhas como do Venfique.

    ResponderEliminar