" Mister do Café: O Polvo Vermelho: Mordaças e Represálias

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

O Polvo Vermelho: Mordaças e Represálias


O país já percebeu que nos últimos 3 anos o «sistema» voltou em força, com nova cor, e uma capacidade de adulterar a verdade desportiva capaz de fazer envergonhar os piores anos do Apito Dourado.

Para além da Arbitragem, com o caciqueiro-mor à cabeça - Vitor «Colinho» Pereira - e dos delegados e observadores a fazer de pit-bulls, controlados pelo soturno «Revisor Vermelho» Ferreira Nunes, envolve também:
- A FPF, e em particular as Comissões de Disciplina e Justiça;
- A Liga e em particular a Comissão de Instrução e Inquéritos.

Estas entidades são "jogadas" na medida dos interesses do Comité Central do Estado Lampiânico, de acordo com a "realidade fabricada" que depois (ou antes, algumas vezes!) é disseminada pela Máquina de Propaganda (incluíndo coristas de S. Gabriel, papagaios comuns, hackers, infiltrados dos "quinhentinhos", etc), com a conivência e protecção pública da generalidade da CS (com os Agentes-Lexívia CM, A Bola e TVI24 à cabeça).

O medo "físico" é incutido pela simples existência dos bandos de alarves intencionalmente não identificáveis, a que chamam ilegalmente claques, que entretanto vão sendo mantidos de cabeça cheia, entretidos a comerciar bilhetes "brancos" nas proximidades da Porta 18.

O «sistema» é manhoso na forma, mas simples no conteúdo: deve garantir a prevalência vermelha, custe o que custar (mesmo tendo essa gente, ou melhor, esses agentes, que se cobrir de ridículo), assegurando a penalização grave e directa de todos aqueles que não se submeterem.

É por causa deste ambiente imundo que fomos obrigados a assistir ao espectáculo deprimente e totalmente inaceitável de ver o treinador do Paços a calar-se, por medo (!!!), na conferência após o jogo, qual judeu em regime nazi. Uma situação que para além de ser gravíssima e revoltante, mete dó!



jorge_simao por melhoresvideospt

Se burocratas e agentes, tacanhos e manhosos, não têm pejo em patrocinar e alimentar este estado vergonhoso das coisas, seja por cobardia, seja por conivência, é algo que num Estado de direito, democrático, do mundo ocidental, Europeu, no séc. XXI, não se pode aceitar de forma alguma, seja em que actividade for, e muito menos numa actividade de interesse público, com função formativa e didática, por via dos princípios passados à população e aos jovens em particular, como é o futebol.

Que haja quem ache que pode comportar-se como uma espécie de cruzamento entre um Kadhafi e um Don de cartel colombiano ou mexicano, é um problema de psicose pessoal. Que a sociedade e os órgãos do Estado permitam que isso aconteça com impunidade, é totalmente inaceitável.


Portugal pode ter (e tem!) muitos problemas e defeitos, mas não é uma espécie de narco-estado do terceiro-mundo, onde podem haver e prevalecer "estados" dentro do Estado, a coberto dum silêncio (conivente e/ou comprometido?) dos órgãos judiciais e de poder do país.

Cabe a todos nós expressar indignação e revolta perante este estado das coisas e ser totalmente intransigentes em exigir o seu fim e a acção das autoridades.

Ver cidadãos, como Jorge Simão, treinador do paços de Ferreira, constrangidos pelas mordaças que os fazem engolir a sua livre expressão e lhes colocam uma impotência submissa nos olhos, pelo medo evidente e expresso (e justificado, diga-se!) de represálias, no meu país... NÃO.

Chegámos ao limite.

O MP e as polícias têm que despir eventuais camisolas e clubites (inaceitáveis na sua função!) e entrar em campo, em nome da protecção do estado de direito. Num estado civilizado ocidental e do séc. XXI, aquelas imagens configuram algo tão grave e tão ofensivo dos princípios e direitos que nos regem (constitucional, incluído!), que são motivo bastente, só por si, para se iniciar uma investigação pelos organismos públicos.


Há corrupção no futebol!

A corrupção ética e dos princípios desportivos é evidente para todos e está à vista de qualquer um. E tem sido de tal forma impune e à fartazana que já nem disfarçam.

A corrupção criminal que deve estar por trás (que, como nos diz a experiência e a história, acontece na generalidade dos casos em que aquelas se verificam!) cabe às polícias investigar.

- Tráfico de influências em entidades de interesse público... é crime;
- Eliminação de árbitros ou outros por critérios adaptados à não submissão a certos interesses... é crime;
- Manipulação de resultados e adulteração de competições... é crime;
- Subversão e "adaptação" de Regulamentos "à-lá-carte"... é crime;
- Utilização da Justiça para encobrir ou legitimar ilegalidades... é crime;
- Abuso de poder dominante... é crime;
- Induzir cidadãos ao silêncio por medo de represálias... é crime, vergonhoso e um atentado à Constituição!
- Etc, etc...

Isto já para não falar de outro tipo de situações de foro mais "individual", como traficar droga ou dar cobertura ao tráfico, lavar dinheiro, associação ou protecção a criminosos ou máfias... que também são crime.

O facto de o Polvo ser vermelho não é, nem pode ser, motivo nem atenuante para não se agir.

Portugal não pode consentir que cancros destes transformem o país numa espécie de lugar medieval ou ditatorial, paraíso de qualquer criminoso ou cacique sem escrúpulos. O sol quando nasce é para todos e não apenas para um punhado de chicos-espertos!

Está na altura de dizer BASTA!


Disse há uns tempos Victor «Colinho» Pereira: "Temo pela vida dos árbitros". Eu acrescentaria alguns dirigentes a esse temor. Sobretudo aqueles que continuam a achar que podem andar a provocar e a gozar com milhões e milhões de cidadãos. Até porque já toda a gente percebeu que grande parte dos árbitros, não passam de joguetes e até vítimas do «sistema» que está montado.

Essa preocupação é legítima, uma vez que é um facto científico que a sujeição à falta de justiça é o primeiro factor promotor da ira que, por sua vez, é a base da violência. Era bom que esse senhor percebesse isto e se preocupasse em primeira instância com as origens do problema e não apenas com as consequências que daí podem advir.

Muito "brandos" têm sido milhões de portugueses, atendendo á forma como são tratados, gozados e até provocados pela hipocrisia e falta de escrúpulos a que certas pessoas se permitem no exercício de funções públicas. Era bom que parassem de vez com a peçonha que alimentam e com a provocação a partes consideráveis da população. Ainda para mais no futebol, onde a regra nº1 não é racional, mas sim emocional.

Ou estarão à espera que salte a tampa a alguns malucos para depois tentarem a fuga às responsabilidades, representando o papel de vítimas ignorantes?

Sejamos sérios, Sr. «Colinho» & comparsas... sejamos sérios!

"Avançado da Esplanada"
 
 
 
Para quem não tem acompanhado os posts anteriores do nosso "Matador" pode fazê-lo clicando (aqui)
 
Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. Em dois meses e meio já ultrapassamos a barreira dos 1200 likes no Facebook.

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)
 

15 comentários:

  1. Aprecio a sua coragem sportinguista num país podre!
    SL

    ResponderEliminar
  2. Aprecio a sua coragem sportinguista num país podre!
    SL

    ResponderEliminar
  3. Muito bem mais uma vez! Este blog começa a ser leitura diária obrigatória!

    ResponderEliminar
  4. Muito bom,parabéns.Há que desmascarar a farsa do estado lampiânico.SL

    ResponderEliminar
  5. Boa noite, parabéns pelo blog e votos de muitos posts - a realidade, infelizmente, é proficua nestas temáticas - e por esse motivo considero-os uma espécie de "serviço público" :) SL

    ResponderEliminar
  6. excelente muitos jornalecos devia fazer jornalismo igual

    ResponderEliminar
  7. Um excelente post, mais uma vez a centrar nos problemas do nosso futebol. Parabéns pela coragem, pelo trabalho e pela coerência com que nos têm brindado diariamente nos vários post.

    Em relação ao post em si, transformou-se o carnide numa "vaca sagrada", não se pode tocar porque existem vários poderes, inclusive do Estado Português, que dão cobertura e "branqueamento" a todo o tipo de situações. Sendo o nosso 1º ministro um lampião de 1ª acham que algum procurador do Ministério Público iria iniciar alguma investigação???mesmo que a iniciasse, alguém acredita que a lampionagem não seria avisada com muita antecedencia para se desfazer de qualquer tipo de provas que a associem a actividades criminosas??

    Só neste país é que é possivel, um dos maiores caloteiros do BPN com 640M de divida, ser recebido em qualquer lado como um herói, como uma pessoa de bem, como se fosse uma espécie de bastião da verdade, quando na realidade é um reles criminoso que devia estar atrás das grades.

    O triste estado do futebol português, quer se queira quer não, tem TUDO a ver com interesses politicos...

    Cumprimentos
    Dany

    ResponderEliminar
  8. Bom dia, excelente!

    Só para dizer que ontem passei pela CMTV e no programa "mercado" onde participa o nosso consócio Hélder Amaral, estava lá o Octávio Lopes jornalista do CM, um anti Bruno de Carvalho primário que se espuma a falar do presidente e do SCP, a dizer qualquer coisa como os blogs do Sporting estarem a publicar pirâmides do sistema com fotos e que era uma vergonha, etc e tal. Como tinha lido este post ontem, parece-me que se estava a referir a vocês. É continuar que os antis e nadegueiros até sopram! #TodosAtrofiades

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, julgo que não se estava a referir do Mister do Café, porque falou na Presidente de Comissão de Instrução e inquéritos da Liga e eu nunca usei a foto dela.

      Esse jornaleiro, depois das graves e vergonhosas acusações que fez ao Sporting e ao seu Presidente nesse programa não duvido que muito em breve tenha que provar o que disse em tribunal.

      Eliminar
  9. Quando um ex-alto dirigente da PJ, benfiquista, me diz à boca cheia que a PJ pode prender Vieira e Pinto de Costa por muitos anos assim que quiser... é preciso saber mais alguma coisa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora fiquei curioso em relação a saber que é esse seu amigo. Será que faz parte da lista interminável de antigos e actuais dirigentes da PJ que estiveram na comissão de honra da última recandidatura do "Rei do pneumático"!?

      Eliminar
    2. PC e LFV estão em projectos de poder pessoal, nos quais os clubes que dirigem são apenas e só instrumentos! Primeiro porque lhes dão acesso ao poder, segundo porque os tornam inimputáveis. Eles têm em Vale e Azevedo o exemplo do que lhe irá acontecer se caírem em desgraça (aka, saírem do poleiro). De onde estão só saem para uma campa ou para um qualquer destino exótico sem acordo de extradição!! Daí valer tudo para se perpetuarem no poder! E a escumalha que os acompanha, igualmente sedentos de manter os poleiros e a usura, considera os simpatizantes, sócios e adeptos como simples instrumentos, uma turba legitimadora, que interessa manter entretida, acéfala e direccionada, tipo barreira protectora das vigarices que promovem em seu próprio e único proveito. Para eles os clubes são meros instrumentos de poder, para seu uso e usufruto.

      Eliminar
  10. Relativamente às claques, está enganado. Vieira bem gostaria de os controlar, mas não consegue. Não é um presidente consensual no seio delas e tem até tentado minar uma delas por dentro. Sem sucesso.

    ResponderEliminar