" Mister do Café

sábado, 25 de março de 2017

Só falta a caneta BIC


A renovação de Rui Vitória foi anunciada em coro pelos principais jornais nacionais durante o final do dia 24 de Janeiro. No dia seguinte, praticamente todos os jornais deram destaque de capa a esta notícia.


As capas dos jornais


As capas dos oficiosos Abola e Record
Para além dos oficiosos Abola e Record, também o Ojogo deu destaque a esta notícia. Nos generalistas a notícia teve alcance semelhante com dois enormes destaques nas capas do Correio da Manhã e Diário de Notícias.


Só falta a caneta BIC


Como sabem, fui o organizador da "Operação Montblanc" - (link) - que pretendia angariar fundos para comprar uma Montblanc para a renovação de Júlio César. Felizmente, isso foi conseguido e Júlio César renovou contrato até 2018. 


Na última jornada em Paços de Ferreira, o nosso Julinho mostrou todo o seu contentamento no final da partida que o Benfica empatou. Isto, claro, antes de se deslocar para o Mercedes particular para regressar a Lisboa, enquanto os seus companheiros seguiam de autocarro. Quem assina de Montblanc merece estas mordomias. 

Ora bem. Como hoje celebramos dois meses das fantásticas capas e ainda não há fumo branco quanto à renovação de Rui Vitória, acredito que há um problema que está a inviabilizar a assinatura. Só pode ser a falta de uma caneta. Como sabemos, o Professor Rui Vitória é um homem de gosto simples, pelo que uma qualquer BIC de tampa roída pelos dentes puto da segunda classe deve servir. 

Peço por isso a colaboração a todos os leitores para enviarem uma BIC para o estádio da Luz com a maior celeridade possível. É que desde que as notícias da renovação saíram, o Benfica já foi arrumado da Taça da Liga pelo Moreirense, goleado na Champions e dos quatro pontos de avanço que tinha na Liga vai apenas com um, e só não perdeu a liderança por sorte. Sorte, ou então o prémio de assinatura seguiu mesmo para Setúbal numa qualquer pochete do Calado...

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

Andamento das obras no Pavilhão João Rocha


Já se iniciou a colocação do piso e do sistema rebatível de tabelas no Pavilhão João Rocha. Segundo o que fui lendo, a colocação do piso é um processo durará cerca de 6 semanas. Infelizmente, a obra está atrasada e provavelmente o Pavilhão já não será utilizado nesta época desportiva, como foi inicialmente definido. É que depois de tudo estar pronto, ainda há o processo de licenciamento que pode ser algo demorado.








Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

sexta-feira, 24 de março de 2017

Tiago Martins - O árbitro do Windows 95


Ontem escrevi sobre o caso que envolveu o relatório do árbitro Tiago Martins e que serviu de base para a aplicação do castigo a Jorge Maciel, preparador físico do Arouca. Para quem não leu, façam o favor de o fazer. Cliquem (aqui).

Um árbitro com Windows 95


Depois de ter sido noticiado que o Conselho de Disciplina anulou o castigo por falta de resposta do árbitro, eis que surge a explicação para o facto de a resposta não ter aparecido.


Absolutamente surreal a justificação dada pelo árbitro Tiago Martins para o facto de não ter respondido ao Conselho de Disciplina da FPF. Com que então, "aconteceu um problema técnico" no envio do email. Sinceramente, nem no tempo do Windows 95 existiam "problemas técnicos" que impediam o envio de um simples email de resposta. Isto é simplesmente gozar com os agentes de futebol que diariamente dão o litro nos seus clubes para conseguirem resultados desportivos. 

Mas Tiago Martins não se ficou por aqui. Conclui reafirmando tudo o que escreveu no relatório. Ora, vamos lá recapitular a ver se nos entendemos.


Recapitulando...


FASE 1: Castigo imediato de Jorge Maciel

Acórdão do Conselho de Disciplina

Jorge Maciel sancionado com 10 dias de suspensão e uma multa de 1913€. Esta sanção foi atribida de acordo com o que o árbitro escreveu no relatório de jogo. 

FASE 2: Jorge Maciel recorre da decisão 

Recomendo que leiam tudo, mas se não o fizerem fiquem-me pelo último parágrafo do print seguinte.



Ou seja, Jorge Maciel recorreu e apresentou a sua versão dos acontecimentos onde para além de ter negado qualquer injuria aos adeptos do Feirense, acusa esses adeptos de ter sido alvo de cuspidelas. Queixa que fez aos delegados da Liga que confirmaram essas queixas em sede de inquérito. 

Quer os delegados da Liga, quer o 4º árbitro, quer os jogadores em exercícios de aquecimento confirmam que não ouviram nenhum tipo de insulto por parte de Jorge Maciel. Mais, as imagens oficiais do jogo relativas ao incidente mostram que "o árbitro e os seus auxiliares estão em zona do campo afastados várias dezenas de metros do local" e o "barulho dificulta ou mesmo impossibilita, a essa distância provável, a audição de palavras de alguém que está virado de costas para o campo de jogo a dirigir-se aos espectadores atrás de uma das balizas".

FASE 3: Tiago Martins que diga de sua justiça



Face à idoneidade que todos os árbitros possuem perante a lei, é muito raro existirem decisões que vão em sentido contrário ao que o árbitro escreve no relatório. Quando isto acontece é quase como se o decisor estivesse a assumir que o árbitro escreveu no relatório é mentira.

Ora, mediante um conjunto enorme de indicios que demonstram que Jorge Maciel não proferiu qualquer ofensa, e que os árbitros da partida não teriam condições para ouvir as declarações por estarem muito longe do local, o CD decidiu pedir um esclarecimento ao árbitro Tiago Martins. 

FASE 4: O Windows 95 de Tiago Martins está "avariado"

Como vimos em cima, justificou a situação com problemas técnicos no envio do email. Mas o assunto não ficou por aqui.

FASE 5: Conselho de Disciplina desculpa Tiago Martins

"Assim, "não sendo possível alterar a decisão disciplinar", o órgão "não censura a conduta do árbitro, que se terá convencido que o seu correio teria chegado"."

O Conselho de arbitragem continua a acreditar num árbitro que inventa factos nos relatórios e nada faz. O Conselho de Disciplina considera normal o facto de ter existido um problema técnico no envio de um email. O que é certo é que Jorge Maciel ficou privado de exercer a sua profissão durante 10 dias. E pronto, é isto o futebol português. Mais um dolo sem intenção que vai passar pelas pingas da chuva.

PS: Se se esquecerem de enviar a declaração de IRS a tempo e horas, mandem um pedido de desculpas à Autoridade Tributária. Basta dizerem que foi um problema técnico. Estou certo que serão igualmente compreensivos... 

Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)